Home > Dicas > O que vestir para praticar exercícios físicos?

O que vestir para praticar exercícios físicos?

Roupas, calçados e acessórios: todos influenciam de alguma maneira

O que vestir para praticar exercícios físicos?

Ao escolher a prática de um exercício físico sistematizado, é importante acertar na escolha do que vestir. Não basta apenas colocar uma roupa qualquer e sair fazendo todos os tipos de atividades que parecem ser convenientes. A prática de um exercício com uma “performance” desejada, adequada, requer uma escolha minuciosa do que vestir e calçar.

Ao visitar parques e academias pela cidade encontramos todos os tipos de pessoas praticando seus rituais de exercícios. No entanto, poucas são as pessoas que escolheram as roupas adequadas para aquela prática específica. Indivíduos com shorts e calças jeans, camisa social ou gola-pólo, tênis de passeio com saltos muito altos ou mesmo coturnos. Encontramos pessoas correndo com agasalhos em pleno dia ensolarado ou até mesmo com plásticos amarrados ao corpo pensando, inutilmente, que isso ajudaria a “queimar” mais gordura corporal.

Vou começar a explicar os erros e desmistificar algumas questões. Primeiramente, o excesso de roupas cobrindo o corpo aumenta a transpiração, o que não significa que está perdendo mais gordura corporal e sim perdendo água e sais minerais, reposto facilmente ao se ingerir água novamente. O perigo maior está na questão da transpiração não poder ser evaporada, dificultando assim a regulação do sistema de refrigeração do seu corpo, o que pode levar a desidratação, queda de pressão arterial e desmaio.

O excesso de líquido retido nas roupas, sem evaporar, ainda pode diminuir seu sistema imunológico e facilitar o aparecimento de doenças de pele como as micoses. Portanto, a dica que deixo é usar roupas leves e frescas, de preferência os tecidos de algodão, lycra e dry fit. Para as mulheres, uma boa ideia é a utilização dos tops estilo nadador ou cruzado nas costas, pois para prática de qualquer atividade que exija movimentos explosivos ou de impacto, como a corrida, por exemplo, estes modelos garantem melhor conforto e sustentação do busto.

Outro erro comum é pensar que qualquer tipo de calçado serve para se fazer exercícios físicos. Canso de ouvir na academia alunos que chegam de chinelo de dedo: “…mas eu só vou malhar membros superiores hoje!”. E daí? Isso não é desculpa. E se cair um halter no seu pé?

Para cada tipo de atividade e para cada indivíduo existe um tênis adequado. O melhor é você descobrir, primeiramente, o tipo de pisada que tem se é pronada (para dentro), supinada (para fora) ou neutra. Sabendo isso fica muito mais fácil acertar na escolha do calçado. Lembre-se de levar em consideração o tipo de exercício que irá realizar, se for para corrida ou qualquer outra atividade aeróbia o tênis exige um sistema de amortecimento maior devido o elevado impacto da atividade. A escolha errada do calçado pode causar bolhas, hematomas, unhas encravadas, entorses de tornozelo, lesões no tendão de Aquiles, problemas nas costas, joelhos e quadril, e, em casos mais severos, fraturas por estresse na ossatura dos pés.

Outros acessórios de suma importância: as meias. Estas, devem ser de algodão, o que ajuda a manter os pés secos e livres de chulé. Para quem faz exercícios sob sol forte, a utilização de bonés é uma boa opção, evite apenas os de algodão e deem preferência aos tecidos que tenham uma evaporação rápida do suor.  Para finalizar, aos adeptos da musculação, a utilização das luvinhas, que garantem maior segurança, devido a melhor aderência aos aparelhos e pesos livres, evitam os indesejáveis calos nas mãos.

Um ótimo fim de semana a todos e fiquem ligados nas próximas dicas!

 

Flávio Canova
Graduado como bacharel em Educação Física pela UEM e pós-graduado em Atividade Física para a Saúde e Trenamento pelo Cesumar.
http://www.flaviocanova.com
  • Káriliny

    Que interessante, não sabia que precisamenos comprar o tenis de acordo com nossa pisada!
    Flávio parabéns pela matéria!

  • Pois é Káriliny, poucas pessoas sabem disso, no entanto, é um detalhe que deve ser levado muito a sério, pois como disse na matéria, a escolha errada do calçado pode causar sérios danos ao indíviduo.

    Agradeço o elogio e espero que goste das demais matérias que virão!

  • Andressa

    Parabéns pela matéria… Ficou ótimo… Esclareceu bastante!