Home > Dicas > Exercícios físicos para futuras mamães

Exercícios físicos para futuras mamães

A gestação é um período em que os exercícios físicos podem ajudar na adaptação do organismo

Exercícios físicos para futuras mamães

Quais exercícios físicos podem ser realizados durante o período gestacional? Existe algum problema em realizar estas atividades? Estas dúvidas são ainda muito frequentes em mulheres já praticantes de exercícios físicos sistematizados. O receio em praticar atividades que possam prejudicar a gravidez ainda é uma das principais causas do abandono das mulheres das salas de ginástica.

Outra preocupação das mulheres é o aumento do peso corporal durante a gestação e o medo de não conseguir eliminar este peso após o parto. Esse medo faz com que algumas delas procurem algum exercício nesta etapa da vida, para tentar auxiliar no processo da manutenção da boa forma durante a gestação.

Desta forma, temos aqui dois casos diferentes, um de abandono das atividades e outro de procura pelas mesmas. Respondendo o primeiro caso: as futuras mamães não precisam ter medo de praticar exercícios físicos no período gestacional. O que se deve ter neste momento é uma observação e um cuidado maior na realização de exercícios físicos, adaptando-os às necessidades e ao período em que cada mulher encontra-se da gravidez.

Faz-se necessário uma avaliação médica para se obter uma liberação. Assim, o personal trainer apenas terá que adaptar o exercício físico já realizado por essas mulheres às suas condições atuais. Para aquelas que nunca fizeram exercícios físicos de maneira sistemática, o ideal é iniciar os trabalhos após a 12ª semana de gestação.

Em relação ao ganho de peso, vale destacar que isso ocorre devido ao aumento das mamas e do fluxo sanguíneo, do crescimento do bebê e do desenvolvimento da placenta, além é claro, do aumento da retenção de líquidos. Todo este processo não tem nada haver com o aumento de gordura corporal, pois isso só ocorre se a gestante não seguir uma alimentação saudável e correta (que deve ser prescrita por um nutricionista). Para isso, o exercício físico entra como fator preventivo.

No segundo caso, dentre os exercícios mais indicados, destaco o alongamento (que trabalha o controle da respiração e o relaxamento da musculatura), a caminhada (pois melhora a capacidade cardiorrespiratória e auxilia o encaixe do bebê na bacia da mulher), a musculação (melhora a resistência muscular e cardiovascular), a hidroginástica (ajuda na redução das dores nas pernas e inchaços ocasionados nos pés e mãos), ioga e pilates (proporcionam relaxamento e melhora da respiração).

Vale ressaltar que todas estas atividades devem ser adaptadas a cada mulher dependendo de sua experiência e do momento da gestação. A escolha da atividade deve ocorrer pela disposição na qual a mulher se encontra naquele dia.

Para conquistar resultados satisfatórios e seguros, sugiro a prática destes exercícios de 3 a 5 vezes na semana com duração de 45 a 60 minutos, dependendo da disposição e da condição da gestante. Portanto, procure ambientes adequados, seguros, e com profissionais habilitados para acompanhar seus treinamentos.

No mais, é apenas curtir esta etapa maravilhosa a vida e fazer dela um momento único e especial. Parabéns para as futuras mamães.

Um ótimo fim de semana a todos e fiquem ligados nas próximas dicas!

 

Flávio Canova
Graduado como bacharel em Educação Física pela UEM e pós-graduado em Atividade Física para a Saúde e Trenamento pelo Cesumar.
http://www.flaviocanova.com